sexta-feira, 15 de julho de 2011

Para estar curado, basta não estar enfermo?


O retrospecto exalta a falta de coragem, o receio que é resultado da dor passada, não curada, mas cicatrizada, uma ferida indolor, mas traumatizada, que te impede de seguir em frente com os pés no chão. 
Fisicamente os passos estão firmes e seguros, mas na mente o receio faz minhas pernas bambearem e tremerem a cada passo que leva a maiores emoções, que certamente calarão a razão e fará perder o controle.
A experiência me faz questionar se realmente vale trocar a segurança e o conforto do momento por algo instável, excêntrico, egoísta e ao mesmo tempo com alto nível de entrega, de exposição e de sentimentos aflorados, que não se explica em palavras e mal se entende os motivos, mas que causam prazeres e tornam dependente de alguém, e que ao mesmo tempo conta com você para se fazer necessário e útil.
Em outras palavras, permitir-se apaixonar é aventurar-se em algo que não se sabe como irá terminar.
 

A Janela da mente. Blak Magik is Designed by productive dreams for smashing magazine Bloggerized by Ipiet © 2008