quinta-feira, 13 de outubro de 2011

amor incondicional


Me destes o sol, que aquece minha pele, e a luz que da a vida.
Me deu a lua pra iluminar minha escuridão.
Me deu o arco-iris depois de um dia de tempestade.
As mais belas inspirações para ser feliz.
Me destes a arte, e a capacidade de ser o que eu quiser.
Me amou em meio as escolhas erradas que fiz.
Me perdoou quando eu não estive arrependido.
E me deu sem que eu nem mesmo precisasse pedir.
Esteve comigo quando te neguei.
Quando eu sumi você me trouxe de volta.
Quando eu cai me estendeu as mãos.
Enxugou minhas lagrimas e eu te virei as costas.
Deu sua vida para que eu pudesse viver, e da maneira mais egoista eu a disperdicei.
Estava morto e me ressucitaste e ainda assim não vivi para ti.
Me amas ainda assim, mesmo eu não tendo nada para oferecer.
Me amas mesmo eu merecendo o odio.
Estás ao meu lado, quando eu merecia a solidão.
Quando me chamou eu não quis ouvi-lo.
E ainda assim me ama.

0 comentários:

Postar um comentário

 

A Janela da mente. Blak Magik is Designed by productive dreams for smashing magazine Bloggerized by Ipiet © 2008